quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Idosos recebem primeira dose de Coronavac em abrigo em Santo Antônio de Jesus

 



_Vacina foi aplicada em idosos e profissionais de saúde_


Cerca de 75 pessoas, entre idosos e profissionais de saúde do Lar dos Idosos, foram vacinados com a primeira dose da Coronavac na manhã desta quarta, 20, por uma equipe itinerante da secretaria municipal de Saúde de Santo Antônio de Jesus.


A aplicação da primeira dose do imunizante está sendo feira também em outros espaços como o Pronto Atendimento Covid, UPA 24h, Unidades de Saúde da Família, Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, Hospital Luiz Argolo e Incar. Nessa primeira leva, o município foi contemplado com 1600 doses beneficiando pessoas como dona Maria Lygia Andrade, coordenadora no lar dos idosos há 20 anos.


A idosa de 80 anos recebeu a primeira dose da vacina com alegria e otimismo. “Além de minha idade, já tive AVC, sou cardíaca e ao longo desses meses tenho ficado em casa. Sinto muita falta do contato diário aqui no abrigo e essa vacina pra mim foi uma bênção – embora não esteja ainda garantida pois precisa da segunda dose – mas já é meio caminho andado. Graças a Deus tivemos o privilégio de não ter nenhum caso de COVID no abrigo, nem entre os idosos, nem entre os funcionários, mas precisamos ter cuidado e em breve todos estarão imune.”, comemora.


A primeira fase de imunização envolve profissionais de saúde, pessoas asiladas com 60 anos ou mais, seguido de idosos de 75 anos ou mais e cidadãos de comunidades tradicionais como povos ribeirinhos e quilombolas.


*Ascom PMSAJ*

NAZARÉ: Comerciantes da Central de Abastecimebto recebem Alvará ( VEJA )



Hoje (20), a Fiscalização Municipal realizou a entrega de Alvarás para os comerciantes da Central de Abastecimento (Feira Livre)!


NAZARÉ: Passarela que liga a Ilha das Cobras já passa por requalificação estrutural para receber Nova Passarela ( VEJA )


O engenheiro responsável pela instalação da Nova Passarela já se encontra no município e na manhã desta quarta-feira (20), equipes já estavam trabalhando na estrutura que receberá a Nova Passarela da Ilha das Cobras.

Um velho sonho da população nazarena principalmente por parte dos moradores da localidade. 

O site Pirôpo News, em contato com a Ouvidoria Municipal, confirmou que a foto enviada por um internauta mostra realmente o início das obras para a Nova Passarela que já se encontra no município.

A prefeita reeleita Eunice Barreto Peixoto e toda sua equipe, começaram 2021 a todo vapor e em pouco mais de 20 dias da nova gestão, diversas obras estão sendo concluídas a exemplo da Nova Praça da Feira da Banana e outras começando.

Breve mais informações sobre a Nova Passarela

SAJ: comerciantes da feira reclamam de rua interditada para estacionamento exclusivo de ônibus; Secretaria diz que é para organizar o trânsito

 

Comerciantes reclamam de rua interditada, na feira livre, para estacionamento apenas de ônibus. Ao repórter Tino Alves da Rádio Andaiá FM, o comerciante de prenome Léo relatou que a rua da Lippe Embalagens é de rotatividade e com os ônibus estacionados, o comércio local tem sido afetado, “Só foi ouvida a classe dos motoristas, mas aqui tem feirantes, os atacadistas. Colocam os ônibus tudo parado, vai vender o quê dentro de ônibus? Uma feira que já está em decadência, vai terminar de matar”, disse.

No ofício divulgado pela prefeitura, fica proibido a partir do dia 25 de janeiro das 00h às 15h, o estacionamento de caminhões e carros de passeio, sendo permitido, apenas, ônibus rurais. O não cumprimento da norma acarretará em notificação, multa e apreensão das mercadorias e veículos. Para Léo, a medida prejudicou os comerciantes da feira, “Eu abro meu comércio das 07h às 17h, então eu tenho que esperar até às 15h para poder descarregar? Quem vai pagar hora extra para meus funcionários fazer a descarga de mercadoria? ”, questionou.

Raimundo Nonato, representante da Secretaria de Agricultura e Abastecimento explicou que a medida visa organizar o trânsito na feira, “Pegamos os ônibus que já existiam no local e colocamos de forma que o trânsito possa fluir. Tem uma placa aqui informando que é vaga para ônibus rurais, mas tinha outros carros estacionados. Isolamos a área para possibilitar que os ônibus possam estacionar”, pontuou. Segundo ele, a secretária conversou com os comerciantes e foi firmado um acordo, “98% permitiram que os ônibus fiquem na porta dos seus comércios. Estamos procurando um local adequado para remover os ônibus que estão aqui. Enquanto não tiver local, não podemos tirar os ônibus daqui”, frisou.

blogdovalente

Mutuípe: Médico que seria a primeira pessoa vacinada contra a covid-19, morre aos 95 anos


-
Reprodução

Morreu na manhã desta quarta-feira (20), o médico da cidade de Mutuípe, Dr. Divaldo Brandão aos 95 anos.

Segundo informações do site Mídia Bahia, Dr. Divaldo foi seria a primeira pessoa a ser vacinada contra a covid-19 em Mutuípe após a chegada da vacina CoronaVac em solo baiano.

Dr. Divaldo que trabalhou como clínico geral, dedicou sua vida para atender a população de Mutuípe e ainda integra o quadro de servidores do Hospital Clélia Chaves Rebouças.

O corpo do Dr. Brandão será velado na Câmara de Vereadores de Mutuípe até as 10h desta quarta-feira (20), e seu corpo será sepultado em Salvador.

vozdabahia

Ex-Fiel de igreja( SUD ), descobre farsa e entra na justiça para ressarcimento do dízimo pago durante anos ( VEJA )

 


Acabou a polêmica: Secretário da Saúde explica razão para aplicação da vacina sem luva

 


Foto: Secom

Após a divulgação das imagens do início da vacinação contra a covid-19 em Salvador, dois detalhes chamaram atenção dos internautas e viraram pauta no Twitter: as pessoas que estavam realizando a aplicação não usaram luvas e nem fizeram o “procedimento padrão” de passar álcool na pele. 


“Vacina chegou em conquista. Prefeitura postou vídeo com alguém manuseando e abrindo a vacina sem luva e cheia de acessórios na mão e no braço”, escreveu uma internauta. “Que agonia ta me dando ver esse povo aplicando a vacina sem ao menos colocar uma luva, biossegurança ficou com Deus”, publicou outra. 


Entre os comentários de desaprovação, uma mulher twittou concordando com o procedimento. “Pior que tá certo, primeiro que vacina intramuscular não tem contato com sangue, segundo que o protocolo é aplicar sem luva e higienizar as mãos a cada aplicação, a luva é praticamente inútil e no contexto atual não ta tendo muita oferta de luva por ai”.  

VEJA COMO FICOU O BB21


Para além do passado 'ruim' de alguns, BBB21 tem maior time com negros e LGBT+ da história

Ao longo da programação desta terça-feira (19), a Globo divulgou os 20 primeiros nomes que irão compor a 21ª edição do Big Brother Brasil . Em relação ao grupo Camarote - composto por famosos - a surpresa ficou pela participação dos rappers Projota e Karol Conká e do humorista Nego Di, já que os outros nomes já eram dados como certos. Porém, após a confirmação dos novos brothers e sister, um detalhe chamou atenção: esta será a edição com maior número de negros, negras e LGBT+ da história do reality global.

 

Além de Karol, Projota e Nego Di, foram escaladas Pocah, a influenciadora Camilla de Lucas e o ator Lucas Penteado para o time dos famosos. Já a baiana e psicóloga Lumena, o doutorando em economia Gilberto e o professor de geografia João Luiz completam a lista afrocentrada da atração.

 

Em relação aos LGBT+ até o momento são cinco. Karol e Pocah são bissexuais, João e Gilberto são gays e Lumena é lésbica.

 

A GENTE SABE O QUE VOCÊ FEZ NO VERÃO PASSADO

Participar do Big Brother é o sonho de muita gente, mas, ao entrar, ter consciência que sua vida regressa será revistada é fundamental.  Logo após o anúncio oficial, o público foi resgatando nas redes sociais as polêmicas envolvendo alguns dos nomes escolhidos.

 

A youtuber Viih Tube voltou a ser assunto com o vídeo de 2016 quando ela aparece filmando cuspindo a boca de seu gato. “Como alimentar seu gato enquanto ele dorme”, diz no vídeo. Na época, ela chegou a perder o canal por algumas horas e depois se desculpou pelo Snapchat.

“Eu até fiquei me sentindo meio mal, porque eu me imagino sendo o gato. Realmente, me desculpem, eu fui um lixo de pessoa. Eu nunca mais vou fazer uma brincadeira desse tipo com o meu gatinho. Foi a primeira vez que eu fiz. Todo mundo tem razão. Como sempre eu faço merda. Meus fãs não precisam de mim defender, porque eu realmente errei. Não precisam brigar com os 'haters'” , concluiu.

 

Ex-marido de Rafa Kalimann, vice-campeã da edição passada, Rodolfo teve o vídeo que declara apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) resgatado. No material de 2018 ele diz que votará no político. Além disso, este ano, demonstrou desconfiança sobre a vacina CoronaVac, que vem sendo utilizado pelo governo no Plano Nacional de Vacinação. Por fim, ainda deixou sua curtida em alguns posts de Bolsonaro que acusavam a família Marinho - dona da Rede Globo - de corrupção.

 

Outro apoiador do presidente é o fazendeiro Caio. Os administradores dos perfis do participante deixaram de seguir Bolsonaro após o anúncio, mas as pessoas já tinham printado o material. Outro fato sobre ele é que, ao que tudo indica, teria passado 28 cheques sem fundo e, por isso, estaria com o nome no Serasa.

 

A entrada do participante Nego Di foi recebida com protestos. Parte do público resgatou comentários do humorista referentes a última edição. Ele, que torcia para Felipe Prior e Babu Santana, fez ataques machistas para as mulheres. Em um vídeo que voltou a circular no Twitter, ele chama Flayslane de “boca de sandália, sem vergonha”, e se refere a Thelma como “nega Maju”. “Depois vai sair a nega Maju, que não tá comprando pelo negrão, e é uma baita duma vendida” , atacou.

 

Em outra parte, chama as integrantes de “bando de messalina sem vergonha”, “chupadora de madeira”, entre outras coisas. Já em outro registro, ele questiona a atitude de mulheres que tiveram bebidas adulteradas. “Um monte de mina cheiradora de lança-perfume, tomar no c *, costumada a chupar cacete, dar o rabo no carro” , reclamou ele, durante uma transmissão ao vivo.

 

Por fim, João Luiz já está contando com a fúria dos fãs de alguns artistas. Isso porque as pessoas encontraram em seu Twitter críticas ácidas contra Anitta, Taylor Swift, Selena Gomez, Ariana Grande, Lea Michele, BlackPink e Lana del Rey.

Vacina contra covid-19: 16 dúvidas respondidas


Gestantes podem se vacinar? Confira essa e outras dúvidas


1- Os primeiros a serem vacinados serão profissionais da saúde e idosos. Isso já deve trazer algum impacto para a saúde coletiva? Ou será necessário aguardar um número maior de pessoas de outros grupos?

É pouco provável que a gente observe uma mudança muito importante no comportamento da doença, até termos uma parcela importante da população vacinada, para que a gente observe o efeito prático dela. Espero que uma quantidade maior [de vacina] seja adquirida para que nos próximos meses possamos imunizar mais pessoas.

2- É possível ser infectado com o novo coronavírus ao ser vacinado contra Covid-19?

Não, não é possível. Nenhuma das vacinas possui o vírus da Covid-19 vivo. Algumas têm o vírus morto, como é o caso da que foi aplicada já em São Paulo, e outras têm apenas um pedaço do vírus dentro, não o vírus completo. 

3- Uma pessoa já vacinada pode contrair o vírus e/ou transmitir para outras pessoas?

As informações que temos em relação às vacinas são relativamente restritas porque tem pouco tempo que elas estão sendo testadas, mas sabe-se que nenhuma das vacinas oferece 100% de proteção, então as pessoas podem se infectar e podem transmitir. Contudo, dependendo da vacina, as chances são menores de infecção e, nos que se infectaram, terão menos chances de ter sintomas graves. Imagina-se, também, que mesmo a pessoa se infectando, ela terá menos multiplicação viral, então terá uma menor chance de transmissão. Nenhuma das vacinas se propõe a imunizar 100%, por isso que ainda precisamos tomar os outros cuidados.

4- Quanto tempo após tomar a vacina contra Covid-19 é possível estar imunizado?

São vacinas distintas, cada uma tem sua especificidade, mas imagina-se que em cerca de três semanas a um mês, após a segunda dose da vacina, é que há uma chance máxima de que as pessoas estejam imunizadas. Sempre lembrando que nem todas as pessoas que tomarem a vacina ficarão protegidas e a gente não tem como saber quem ficou e quem não ficou, por isso é importante manter os cuidados até que receba a orientação de que a gente possa ir, aos poucos, tomando menos cuidados e retornando à forma de viver anterior à Covid-19.

5- Por que as vacinas contra Covid-19 ficaram prontas tão rápido? 

As vacinas da Covid-19 bateram recorde em termos de tempo de desenvolvimento. A gente pode explicar de duas maneiras. Uma é que, antes da pandemia, já havia uma bagagem de informações e de recursos tecnológicos que vieram de outras epidemias, com destaque maior para o coronavírus de 2003, o Sars-Cov, e a epidemia do Oriente Médio, o Mers-Cov. Então, durante esse período, o coronavírus foi muito estudado e começou-se a desenvolver algumas vacinas para eles. Isso significa que nós não começamos da estaca zero, já havia um trabalho sendo feito. Outra maneira de explicar é que foi feito um investimento muito grande e uma forma de organizar as fases de testes de forma simultânea, praticamente, em um intervalo de tempo menor.  

6- Quais são os efeitos colaterais normais das vacinas contra a Covid-19? Quanto tempo eles duram?

Estamos falando de muitas vacinas. De uma forma geral, a maior parte das pessoas não desenvolvem nenhum tipo de efeito quando tomam a vacina. Mas, aquela minoria que desenvolve é uma febre baixa e uma moleza no corpo. Quando tomamos uma vacina, o corpo estimula o sistema imunológico como se fosse o vírus que estivesse entrando. Outra coisa comum é a dor no local da vacina, que pode durar alguns dias, menos de uma semana. 

7- Para quem as vacinas contra Covid-19 não são indicadas?

A expectativa, a princípio, é que a vacina seja ofertada para todas as pessoas e toda a população seja vacinada. Inicialmente, aqueles com risco e exposição maiores serão vacinados, como os profissionais de saúde, gente que lida muito com a doença, além daqueles com risco de desenvolver a forma mais grave, com idade mais avançada. Aos poucos, isso vai se estender para o restante da população. 

Teremos múltiplas vacinas, já temos duas liberadas, mas, provavelmente, outras virão também. Dependendo da vacina, algumas vão ser utilizadas para quem tem problema de defesa baixa, como deficiência do sistema imunológico. Podemos ter indicações personalizadas. Uma pessoa que tem muita alergia, então deve tomar a vacina A, por exemplo. 

8- Gestantes podem tomar vacina contra Covid-19? 

A maior parte das vacinas não foi testada em gestantes e crianças, então tem essa questão. Por enquanto, elas não estão nessa primeira leva de pessoas que vão receber a vacina, até que tenhamos mais claro quais podem ser aplicadas em crianças e gestantes. Essa questão ainda está um pouco pendente, mas em breve teremos mais informações.

9- Pessoas que estão amamentando podem tomar a vacina? 

Pelo menos com essas vacinas iniciais, não há motivos que impeçam pessoas que estão amamentando de tomá-las. Quem estiver amamentando deve, sim, fazer a vacinação.

10- Diabéticos podem tomar a vacina contra Covid-19? 

Sim, pessoas que têm diabetes podem e devem fazer a vacinação. Como é fator de risco para ter a doença mais grave, quem tem diabetes tem prioridade na vacinação. Essas fases de aplicação já devem ser divulgadas.

11- Quem tem alergia pode tomar as vacinas contra a Covid-19?

Existem muitos tipos de alergia diferentes e gravidades também. Então, pessoas que têm alergias, especialmente alergias importantes, vão ter que informar sobre essa condição e ver se tem alguma contra-indicação.  Essas vacinas [aprovadas no Brasil] têm poucos efeitos em termos de alergia. As vacinas que têm causado um efeito colateral um pouco mais intenso em quem tem alergia mais grave ainda não chegaram e nem estão previstas para chegar em breve. 

12- Faz mal misturar doses de vacinas diferentes contra Covid-19?

A gente não tem muitas informações em relação a isso, já que cada vacina foi testada separadamente e elas estão acabando de ser lançadas. A orientação é que não se faça essa mistura, pelo menos por enquanto. Provavelmente, não vai fazer mal, mas pode ser que o efeito não seja tão bom quanto a pessoa tomar a vacina de forma correta. O ideal é que a primeira e a segunda dose sejam da mesma vacina, se fizer a segunda dose de outra vacina, ela pode não funcionar.

13- Quanto tempo irá durar a proteção da vacina? Será necessário tomá-la todo ano, como a vacina da gripe?

Como mencionei, pouco tempo se passou desde o surgimento da doença e a disponibilidade da vacina. Ainda não sabemos quanto tempo essas vacinas podem oferecer proteção. As pessoas vacinadas, até onde sabemos, estão mantendo uma boa proteção, mas como são poucos meses de testes, não há como saber se no próximo ano precisamos vacinar ou não. Teremos que aguardar mais tempo para essa informação.

14- Quanto tempo após a vacinação será atingida a imunidade de rebanho?

Não temos como responder quanto tempo levará para que tenhamos uma imunidade coletiva suficiente para tirar as medidas de proteção. Isso, apenas o tempo vai dizer. À medida que formos vacinando um número maior de pessoas e observarmos uma queda de casos e óbitos, a gente vai ter isso um pouco mais claro. Então, precisamos ver os resultados concretos da vacinação para ir retirando, aos poucos, as medidas de proteção contra a doença que usamos agora.

15- Pode parar de usar máscara e álcool em gel após ser imunizado com a vacina?

Não devemos suspender nenhuma medida de proteção por ter sido vacinado. A gente sabe que a proteção das vacinas não é completa, vai ser maior à medida que muita gente for vacinada, então a ideia é vacinar e fazer tudo conforme estamos fazendo e esperar os resultados que isso terá no ponto de vista coletivo, ou seja, ver o controle da epidemia para ir, aos poucos, recebendo as orientações. A ideia é que a vida continue igual, por algum tempo, até que os resultados práticos da vacinação possam ser vistos, o que vai levar alguns meses. 

16- Quanto tempo após tomar a vacina será possível frequentar locais com aglomeração?

A ideia é que os cuidados continuem os mesmos de hoje, até que possamos observar o controle da epidemia. Claro que isso vai depender da velocidade da vacinação em grande parte da população brasileira.

BAHIA: Nazaré cidade é 2° lugar no ranking do IDEB baiano

 



Nazaré é 2° lugar no ranking do IDEB baiano!

📚📈
A pesquisa realizada pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) calculou os dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) de 100 municípios baianos nos últimos anos.
Nazaré obteve o 2° resultado mais alto da pesquisa, ficando atrás, somente, da capital, Salvador! 🔝
Você ainda tem dúvidas de que a Escola Pública Municipal de NAZARÉ é EDUCAÇÃO DE QUALIDADE E DE REFERÊNCIA?! 💙
Matricule o seu filho(a) na Escola Pública Municipal mais próxima e faça parte deste TIME DE SUCESSO!

Quatro santoantonienses recebem primeira dose da vacina contra o Coronavírus nesta terça, 19


Primeira fase contempla profissionais de saúde, pessoas asiladas com 60 anos ou mais, idosos de 75 anos ou mais e munícipes de comunidades tradicionais

Os quatro primeiros santoantonienses vacinados com a Coronavac em Santo Antônio de Jesus receberam a primeira dose nesta terça, 19, em ato simbólico após coletiva de imprensa realizada pela Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Jesus (PMSAJ) no Centro Cultural.

Os contemplados foram as técnicas em enfermagem Adenilma Vilela, que atua na Unidade de Saúde da Família (USF) do Centro e Clotildes Araújo Batista, profissional do USF Alto do Sobradinho e do Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ), além da enfermeira do pronto atendimento da COVID, Daiane Luz Araújo, e do médico Damião Domingos, que por muito tempo presta serviço ao município.

A população que se enquadra nos grupos de risco considerados prioritários para serem imunizados nesta primeira etapa já começa a ser vacinada nesta quarta, 20. Durante o evento, o secretário municipal de Saúde, Leonel Cafezeiro, apresentou o plano municipal de imunização e as estratégias adotadas no município. O evento teve a presença do prefeito, Genival Deolino e também de integrantes da atual gestão e da imprensa local.

Para o prefeito, o momento foi celebrado com felicidade e esperança por dias melhores. “Todos nós estávamos aguardando ansiosos por este dia, portanto o início da imunização em Santo Antônio de Jesus é para ser comemorado. Sabemos que as doses que recebemos são somente para dar início à demanda existente em nosso município, mas esperamos em breve receber outros lotes do Governo Federal para garantir a imunidade e proteção dos cidadãos e cidadãs santoantonienses.”, comemora Deolino.

A aplicação da vacina será em quatro fases. Nesta primeira serão priorizados os profissionais de saúde na linha de frente do combate à Covid-19, pessoas asiladas com 60 anos ou mais, seguido de idosos de 75 anos ou mais e cidadãos de comunidades tradicionais como povos ribeirinhos e quilombolas. Porém, a PMSAJ recebeu apenas 35% de doses necessárias para imunizar o público alvo.

Já a segunda fase é direcionada a pessoas entre 60 e 74 anos. A terceira etapa vai imunizar pessoas que convivem com doenças como diabetes mellitus, hipertensão arterial grave, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, cidadãos transplantados de órgão sólido, portadores de anemia falciforme, de câncer e em estágio de obesidade grave (IMC maior que 40).

A última fase prevê a vacina para trabalhadores em educação, portadores de deficiência permanente severa, integrantes das forças de segurança, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade, trabalhadores de transporte coletivo e rodoviários de carga.

Estratégias para imunização

A vacina será aplicada por profissionais que estarão em 14 viaturas percorrendo unidades hospitalares, UPA e pronto atendimento da COVID. Haverá também vacinação domiciliar para idosos a partir de 75 anos em carros volantes e aplicação da Coronavac em escolas municipais para imunização de grupos alvos da campanha de acordo com as fases previstas. O esquema de drive thru também será utilizado em unidades de saúde.

O período de aplicação das etapas seguintes para imunizar o restante da população será definido e divulgado amplamente de acordo com a disponibilização de novas doses pelo Ministério da Saúde.

Ascom PMSAJ

Bahia registra 30 óbitos e 4.004 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h


[Bahia registra 30 óbitos e 4.004 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h]Taxa de ocupação de leitos de UTI adulto no estado para pacientes com coronavírus é de 74%

Foto : Paula Fróes/GOVBA

A Bahia registrou, nas últimas 24 horas, 4.004 novos casos de Covid-19 e mais 30 óbitos pela doença, segundo dados divulgados hoje (19) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab).

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 9.697. Dos 544.324 casos confirmados desde o início da pandemia, 524.194 já são considerados recuperados e 10.433 encontram-se ativos.

Entre os diagnosticados com a doença na Bahia, 38.723 profissionais da saúde foram confirmados com a Covid-19.

Dos 2.031 leitos disponíveis para tratamento do coronavírus, 1.293 possuem pacientes internados. A taxa de ocupação de leitos de UTI Covid para adultos no estado é de 74%.

Neto do ex-governador Paulo Souto retorna ao Palmeiras para integrar time sub-17


Neto do ex-governador Paulo Souto retorna ao Palmeiras para integrar time sub-17

Neto do ex-governador da Bahia Paulo Souto, o meio-campista Paulo retornou ao Palmeiras para integrar o time sub-17. O jovem, aspirante a jogador de futebol, tem 14 anos.

 

Paulo começou disputando campeonatos de futsal interescolares e foi levado para o Jacuipense. Do clube de Riachão do Jacuípe, ele chegou ao Palmeiras. Antes da pandemia do coronavírus, o jovem passou pelas categorias de base do Vitória, mas só treinou durante duas semanas antes da paralisação do futebol. O atleta retornou para o Leão Grená fazendo parte do elenco na campanha da Copa do Brasil Sub-17 no final do ano passado. Vestindo a camisa 10, o meia foi titular na vitória sobre o América-RN por 3 a 1, na primeira fase. Porém, sem o garoto, o time baiano foi eliminado pelo próprio Verdão na segunda fase do torneio ao perder as duas partidas por 2 a 0 em Pituaçu e 3 a 0 no Allianz Parque.

 

Avô do jovem atleta, Paulo Souto foi governador da Bahia em duas ocasiões. O primeiro mandato foi entre 1995 e 1998, enquanto o segundo aconteceu de 2003 até 2006. Além disso foi também senador em 1999 até 2002. Recentemente, ele foi secretário municipal da Fazenda (Sefaz) do mandato de ACM Neto (DEM) na prefeitura de Salvador.

 

O time sub-17 do Palmeiras ainda está vivo na Copa do Brasil e disputa o confronto da semifinal contra o São Paulo. Após perder o jogo de ida por 2 a 0, o Verdão precisa vencer por três gols de diferença para ir à final. A partida de volta está marcada para a próxima quinta-feira (21), às 15h30, em Cotia.

por Leandro Aragão

Caetano Veloso declara apoio a Baleia Rossi para presidência da Câmara ( VÍDEO )

Caetano Veloso declara apoio a Baleia Rossi para presidência da Câmara

O cantor e compositor baiano Caetano Veloso declarou apoio ao deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP) na disputa pela presidência da Câmara, contra Arthur Lira (PP-AL), candidato preferido do presidente Jair Bolsonaro.

 

“Não podemos deixar o Congresso na mão do executivo. Participei da campanha de Boulos e Erundina tenho imensa admirac?a?o por Erundina, mas o momento e? da gente se unir e apoiar o opositor do candidato do governo na Ca?mara. Estou com Marcelo Freixo: acho que na?o podemos deixar o Congresso na ma?o do executivo. Temos, como defensores da democracia, de pedir aos deputados que tambe?m a defendem que votem em Baleia Rossi”, justificou Caetano, em uma publicação no Instagram. 

 

A declaração pública do músico baiano se deu após o lançamento do nome de Luiza Erundina (Psol-SP) para concorrer ao cargo, nesta terça-feira (19), e também depois do posicionamento de Freixo, que é do Psol, mas é contrário a uma candidatura independente neste momento. 

 

“O impeachment é muito importante. Mas antes, precisamos trabalhar para que uma Frente Progressista possa garantir a Presidência da Câmara dos Deputados. Esta frente tem um candidato: Baleia Rossi. Seu oponente, Arthur Lira, JAMAIS levará um processo de impeachment adiante. Além de ser o candidato da devastação do meio ambiente, dos agrotóxicos, do desrespeito aos povos originários e aos direitos humanos! O Brasil precisa entrar em um processo civilizatório. Mesmo que por um momento, tenhamos que guardar nossas diferenças para isso”, defendeu o deputado carioca. 

 

Veja declarações que motivaram apoio de Caetano:

Bolsonaro deve vir à Bahia nesta quinta para entrega de trecho da BR-315 em Coribe


Bolsonaro deve vir à Bahia nesta quinta para entrega de trecho da BR-315 em Coribe

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), deve vir à Bahia nesta quinta-feira (21), para participar da solenidade de entrega de um trecho da BR-315, no município de Coribe, na Bacia do Rio grande, que foi readequado para dar espaço a um corredor logístico do Matopiba. 


A entrega do trecho de 67 quilômetros, que passa entre os municípios de Jaborandi e Cocos, também contará com a presença do ministro da infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, do diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), general Santos Filho, e do ministro das Comunicações, Fábio Faria. 


De acordo com o governo federal, a readequação do trecho possibilitará um melhor escoamento da produção de grãos do Matopiba, região integrada pelos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, atualmente considerada a mais importante fronteira agrícola de acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). 

Médicos no AM relatam Covid com maior gravidade, velocidade e letalidade em jovens


Médicos no AM relatam Covid com maior gravidade, velocidade e letalidade em jovens

Profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 em Manaus, capital do Amazonas, têm relatado que a doença tem aumentado a velocidade de evolução e a gravidade. De acordo com reportagem do Uol, a segunda onda da Covid-19 tem demonstrado maior transmissibilidade causada por mutações que geraram uma nova variante no estado.

 

Os registros de mortes dos últimos 30 dias apontam que pessoas mais jovens têm sido mais atingidas. Quatro em cada dez vítimas fatais no período tinham menos de 60 anos.

 

"Algo de muito diferente está ocorrendo em Manaus. Não sei informar se é uma cepa nova ou se é algo diferente. Mas quem está na linha de frente está vendo um aumento da gravidade dos casos", afirma Noaldo Lucena, infectologista e pesquisador que atua em clínica popular, atendimento domiciliar e hospitais públicos.

 

"Claramente estamos diante de um ser invisível que é muito mais patogênico e transmissível. Hoje chegam famílias inteiras com os sintomas ao mesmo tempo, antes era um de cada vez", completa.

 

Ainda segundo o pesquisador, os pacientes vêm apresentando lesões mais graves nos pulmões. "Neste ano, eu já vi mais 150 pessoas aqui na clínica e mais 300 no serviço público. Digo que menos de 2% deles tinham comprometimento leve. Os demais eram comprometidos acima de 50%. Alguns com 70%, 80%, 90%, com necessidade de internação imediata e até suporte ventilatório", analisa.

 

Os sintomas também são mais silenciosos, dificultando a análise feita a partir de exame clínico. A partir do Portal da Transparência dos cartórios, o Uol revela que o Amazonas registrou 710 óbitos, sendo 285 de pacientes com menos de 60 anos. Isso representa 40,1% do total, contra 36,1% verificado anteriormente.

 

Segundo a infectologista Silvia Leopoldina, que atua nas redes públicas estadual e municipal de Manaus, "antes, os primeiros sintomas de gravidade apareciam em torno do décimo dia em diante. Agora têm pacientes que, com sete, oito dias, estão com comprometimento de 75% dos dois pulmões".

 

A enfermeira e professora Ana Paula Rocche, que trabalha com atendimento a pacientes, conta que as pessoas têm relatado, ao invés de dor, uma "agonia" no peito. "O pulmão parece que vai ressecando, que vai encolhendo; e aí você entra com tudo que é antibiótico, anticoagulante e o pulmão não expande. Isso não é normal", revela.

 

Para o professor da Universidade Federal do Amazonas e pesquisado da Fiocruz Amazônia, Bernardino Albuquerque, a situação atual do estado decorre principalmente do colapso do sistema de saúde.

 

"A partir do final de dezembro, houve uma saturação no atendimento. Temos visto pacientes esperando horas em uma ambulância. O estado clínico fica agravado por essa peregrinação, além de faltar insumos. Se tivéssemos um sistema de saúde preparado para atender esse segundo momento, não haveria tantas mortes. O governo desmontou toda estrutura que tinha antes, estamos começando tudo de novo", pondera.

 

Já o pesquisador Felipe Naveca, também da Fiocruz Amazônia, afirma que há chances da nova variante do novo coronavírus ser mais grave, "mas não existem evidências ainda sobre ser mais patogênica".