quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

VEJA COMO FICOU O BB21


Para além do passado 'ruim' de alguns, BBB21 tem maior time com negros e LGBT+ da história

Ao longo da programação desta terça-feira (19), a Globo divulgou os 20 primeiros nomes que irão compor a 21ª edição do Big Brother Brasil . Em relação ao grupo Camarote - composto por famosos - a surpresa ficou pela participação dos rappers Projota e Karol Conká e do humorista Nego Di, já que os outros nomes já eram dados como certos. Porém, após a confirmação dos novos brothers e sister, um detalhe chamou atenção: esta será a edição com maior número de negros, negras e LGBT+ da história do reality global.

 

Além de Karol, Projota e Nego Di, foram escaladas Pocah, a influenciadora Camilla de Lucas e o ator Lucas Penteado para o time dos famosos. Já a baiana e psicóloga Lumena, o doutorando em economia Gilberto e o professor de geografia João Luiz completam a lista afrocentrada da atração.

 

Em relação aos LGBT+ até o momento são cinco. Karol e Pocah são bissexuais, João e Gilberto são gays e Lumena é lésbica.

 

A GENTE SABE O QUE VOCÊ FEZ NO VERÃO PASSADO

Participar do Big Brother é o sonho de muita gente, mas, ao entrar, ter consciência que sua vida regressa será revistada é fundamental.  Logo após o anúncio oficial, o público foi resgatando nas redes sociais as polêmicas envolvendo alguns dos nomes escolhidos.

 

A youtuber Viih Tube voltou a ser assunto com o vídeo de 2016 quando ela aparece filmando cuspindo a boca de seu gato. “Como alimentar seu gato enquanto ele dorme”, diz no vídeo. Na época, ela chegou a perder o canal por algumas horas e depois se desculpou pelo Snapchat.

“Eu até fiquei me sentindo meio mal, porque eu me imagino sendo o gato. Realmente, me desculpem, eu fui um lixo de pessoa. Eu nunca mais vou fazer uma brincadeira desse tipo com o meu gatinho. Foi a primeira vez que eu fiz. Todo mundo tem razão. Como sempre eu faço merda. Meus fãs não precisam de mim defender, porque eu realmente errei. Não precisam brigar com os 'haters'” , concluiu.

 

Ex-marido de Rafa Kalimann, vice-campeã da edição passada, Rodolfo teve o vídeo que declara apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) resgatado. No material de 2018 ele diz que votará no político. Além disso, este ano, demonstrou desconfiança sobre a vacina CoronaVac, que vem sendo utilizado pelo governo no Plano Nacional de Vacinação. Por fim, ainda deixou sua curtida em alguns posts de Bolsonaro que acusavam a família Marinho - dona da Rede Globo - de corrupção.

 

Outro apoiador do presidente é o fazendeiro Caio. Os administradores dos perfis do participante deixaram de seguir Bolsonaro após o anúncio, mas as pessoas já tinham printado o material. Outro fato sobre ele é que, ao que tudo indica, teria passado 28 cheques sem fundo e, por isso, estaria com o nome no Serasa.

 

A entrada do participante Nego Di foi recebida com protestos. Parte do público resgatou comentários do humorista referentes a última edição. Ele, que torcia para Felipe Prior e Babu Santana, fez ataques machistas para as mulheres. Em um vídeo que voltou a circular no Twitter, ele chama Flayslane de “boca de sandália, sem vergonha”, e se refere a Thelma como “nega Maju”. “Depois vai sair a nega Maju, que não tá comprando pelo negrão, e é uma baita duma vendida” , atacou.

 

Em outra parte, chama as integrantes de “bando de messalina sem vergonha”, “chupadora de madeira”, entre outras coisas. Já em outro registro, ele questiona a atitude de mulheres que tiveram bebidas adulteradas. “Um monte de mina cheiradora de lança-perfume, tomar no c *, costumada a chupar cacete, dar o rabo no carro” , reclamou ele, durante uma transmissão ao vivo.

 

Por fim, João Luiz já está contando com a fúria dos fãs de alguns artistas. Isso porque as pessoas encontraram em seu Twitter críticas ácidas contra Anitta, Taylor Swift, Selena Gomez, Ariana Grande, Lea Michele, BlackPink e Lana del Rey.

Nenhum comentário:

Postar um comentário