terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

Bahia estima queda de receita de R$ 63 milhões em caso de rebaixamento

Bahia estima queda de receita de R$ 63 milhões em caso de rebaixamento

O Bahia pode ter um grande prejuízo financeiro em caso de rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro. Na última segunda-feira (15), durante a apresentação do orçamento e dos planos para a temporada 2021 em reunião com o Conselho Deliberativo, o clube indicou que a queda pode representar uma perda de R$ 63 milhões. 

 

Durante a reunião, que foi transmitida ao vivo para o público, o clube indicou a estimativa financeira de R$ 171 milhões em caso de permanência na elite. A título de comparação, foram orçados R$ 179 milhões para o ano de 2020, com realização de R$ 137 milhões. A queda é um reflexo da pandemia do novo coronavírus.

 

Foto: Reprodução / Youtube

 

No cenário de descenso, o Tricolor projetou o ganho de R$ 108 milhões de reais. O clube perderia valores em relação aos direitos de transmissão de TV, patrocínios, sócios-torcedores e a loja oficial do clube.

 

Foto: Reprodução / Youtube

 

O Bahia espera vender jogadores e ganhar R$ 25 milhões com a negociação. O presidente Guilherme Bellintani disse estar confiante em conseguir os valores.

 

"Eu tô muito seguro da projeção de 25 milhões. Naturalmente vendendo atletas importantes para o elenco, cortar da própria carne. Não vamos conseguir atingir vendas significativa se não forem atletas importantes para nós. Nosso histórico de vendas superou isso e superou vendendo atletas importantes. Temos que ter capacidade de reposição desses atletas", avisou.

 

Como premissas orçamentárias, o Bahia indicou a busca por manutenção de patrocinadores, quadro de sócios do clube, receitas de TV, início das operações do museu do clube. Em campo, o Tricolor quer, no mínimo, estar presente em três fases da Copa do Brasil e chegar na semifinal da Copa do Nordeste.

 

Também foi apresentado ao Conselho e aos torcedores como o clube pretende investir no futebol com os dois cenários. Confira abaixo: 

 

Foto: Reprodução / Youtube

Nenhum comentário:

Postar um comentário