segunda-feira, 15 de março de 2021

Golpe do Vale Gás: Polícia Federal alerta para mensagens falsas no WhatsApp

 golpe do gás -  (crédito: reprodução)


Circula nas redes sociais e em grupos de WhatsApp um link para um suposto Vale Gás no valor de R$ 90. Apesar de tentador, o auxílio não existe.


O golpe diz que quem teria direito ao benefício seriam os beneficiários do Bolsa Família, do auxílio emergencial, aposentados e pensionistas. Para conseguir a suposta ajuda financeira, a mensagem pede que as pessoas informem o CPF e compartilhe a mensagem com outras pessoas. Ao fim, ainda são solicitados os dados bancários da pessoa.

O Ministério da Cidadania informou que a notícia é falsa. "O benefício não existe. NÃO clique em links duvidosos e certifique-se de checar informações em nossos canais oficiais", alerta a pasta.

De acordo com a Polícia Federal, que divulgou a imagem que ilustra a reportagem, a crise provocada pela pandemia da covid-19 aumentou a quantidade de golpes praticados na internet. Além de mensagens, os criminosos costumam usar e-mails e até ligações telefônicas para conseguir dados e praticar crimes.

Caso você tenha sido vítima de um golpe cibernético, procure a Polícia Civil e registre um Boletim de Ocorrência.

Como evitar golpes do tipo, segundo a Polícia Federal

- Links: não clique em links enviados por e-mail, SMS ou aplicativos de mensagens em nome de instituições bancárias, não preencha dados de cartões de crédito em formulários e nem informe dados de cartões de crédito e senha em ligações telefônicas; Procure as informações junto ao seu banco nos canais oficiais.

- Voucher auxílio emergencial: diversas mensagens disparadas por meio de aplicativos como Whatsapp, SMS, e-mails e até telefonemas têm solicitado informações para cadastro dos beneficiários do auxílio emergencial aprovado pelo Governo Federal. Não informe os seus dados nesse tipo de mensagem.

- Aplicativos maliciosos: foram identificados diversos aplicativos que solicitam informações ou se passam por órgãos do governo a fim de obter dados pessoais. Fique atento e baixe apenas os aplicativos indicados nos sites oficiais.

- Golpes usando o Whatsapp: solicitações de empréstimos e transferências oriundas de contatos no Whatsapp podem ser golpes! Ligue para o seu contato e confirme a solicitação!

- Boleto falsificado: Códigos de barras podem ser facilmente alterados. Fiquem atentos ao nome da empresa e valor do pagamento. Qualquer dúvida, entre em contato com o credor e emissor do boleto ou com a sua instituição bancária.


Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário