quarta-feira, 2 de junho de 2021

'PSL não aceita ter dono', garante Dayane Pimentel em meio a possível filiação de Elmar


'PSL não aceita ter dono', garante Dayane Pimentel em meio a possível filiação de Elmar

A arrumação nos quadros do PSL permanecem sendo feitas, porém, as chaves do partido não devem ficar sob a guarda de Elmar Nascimento. Segundo a presidente estadual do partido, a deputada federal Dayane Pimental, "o PSL não aceita ter dono". Elmar ainda segue no Democratas e com avançadas negociações para a chegada na legenda. 

 

"A chegada do deputado Elmar está sendo muito tranquila e promissora. Trabalharemos  aqui no estado para fazer do PSL um partido ainda maior. O que queremos é que o PSL seja reconhecido e respeitado pelo tamanho que tem. Elmar chega para que continuemos esse processo de crescimento, apontando que estaremos em posição de protagonismo em 2022. As decisões do partido para 2022 serão tomadas em conjunto", disse a deputada ao Bahia Notícias. 

 

De acordo com Dayane, as articulações têm sido feitas de forma compartilhada. "O PSL não é um partido que aceita ter dono. Eu e o deputado Elmar buscaremos construir esse caminho de diálogo com as várias forças políticas, iremos dialogar com todos aqueles que não defendam projetos extremistas, mas que sejam levados pela sensatez. Queremos uma Bahia forte e vamos trabalhar neste intuito unidos", comentou. 

 

Pensando em 2022 e nos ajustes políticos, a atual presidente comentou que o partido não irá apoiar "qualquer nome". "Como disse anteriormente, dialogaremos com nomes que não representem os extremos ou projetos autoritários. Não apoiaremos um nome, mas um projeto que condiciona a Bahia a um lugar de exemplo. A Bahia e o Brasil não podem mais conviver com um clima de guerra que vá para além do período eleitoral", explicou.

 

"Claro que defendo bandeiras liberais na economia, conservadoras nos costumes; defendo a liberdade. Mas a política, como se observa, é a arte do possível. Não adianta um nome defender ideais conservadores e demonstrar ser um tirano quando chega ao poder. Elmar e eu estamos conversando muito sobre isso e as nossas perspectivas são altamente convergentes", finalizou

Nenhum comentário:

Postar um comentário