OLIMPÍADAS


terça-feira, 6 de julho de 2021

Contra voto impresso, Lula diz que eleição roubada foi a de Bolsonaro


Contra voto impresso, Lula diz que eleição roubada foi a de Bolsonaro

Contrário à mudança proposta para instituir o voto impresso no Brasil, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) acredita que não seria eleito, caso fosse possível fraudar eleições com voto eletrônico. Para ele, se trata de um modelo "muito mais limpo do que o papel" e, portanto, não há necessidade de mudar o regime, como o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) quer.

 

"Até hoje não tem uma única prova de roubo em voto eletrônico, na hora que tiver, a gente muda o voto, agora mudar a pretexto de criar confusão como o atual presidente quer?", indagou, de forma retórica. "A única eleição roubada foi a dele porque foi feita na base do fake news, porque não participou de nenhum debate, então não se isenta nem se brinca com o povo como esse cidadão está brincando de forma desrespeitosa, achando que é todo mundo tonto, todo mundo imbecil, que só ele é esperto", criticou o petista.

 

Lula é o entrevistado desta terça-feira (6), no programa Ligação Direta, da rádio Salvador FM. Ao longo da entrevista, na qual não admitiu sua pré-candidatura à Presidência oficialmente, ele também falou sobre os ataques do presidenciável Ciro Gomes (PDT), de suas conversas com o Centrão, entre outros temas

Nenhum comentário:

Postar um comentário