OLIMPÍADAS


segunda-feira, 2 de agosto de 2021

Justiça nega recurso de Xuxa para tirar Sikêra Jr do ar


Justiça nega recurso de Xuxa para tirar Sikêra Jr do ar

O Tribunal de Justiça de São Paulo rejeitou o pedido feito por Xuxa Meneghel para tirar Sikêra Jr do ar na RedeTV!.

 

A apresentadora moveu uma ação contra o comunicador pedindo R$ 500 mil de indenização, além da demissão ou da retirada do programa apresentador por ele do ar após Sikêra acusar a artista de pedofilia e afirmar que a 'Rainha dos Baixinhos' quer "levar as crianças à travessura, à prostituição e à suruba".

 

De acordo com a coluna de Rogerio Gentile no UOL, o desembargador César Peixoto, que julgou o caso, afirmou que o pedido implica censura à programação.

 

"Seria inócua pela possibilidade de reiteração das supostas ofensas em outros meios de comunicação".

 

A Justiça não julgou ainda o processo por danos morais. Sikêra alega que reagiu a ataques feitos pela apresentadora em sua rede social, afirmando ter sofrido críticas dela após divulgar um vídeo em que um homem pratica ato sexual com um animal.

 

O apresentador, que perdeu diversos patrocinadores após a polêmica com a comunidade LGBTQIA+, também pediu que a apresentadora seja condenada a lhe pagar uma indenização de R$ 500 mil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário