Últimas Notícias

Agressão a menina brasileira de 11 anos na escola em Portugal reabre debate sobre xenofobia

O caso foi registrado por outros estudantes, que filmaram a cena com seus celulares sem agir para impedir os socos e pontapés




Uma estudante brasileira de 11 anos foi agredida por uma colega dentro de uma escola pública da cidade de Entroncamento, no centro de Portugal. O caso foi registrado por outros estudantes, que filmaram a cena com seus celulares sem agir para impedir os socos e pontapés.

A mãe da criança registrou a ocorrência na polícia e afirma que, no mesmo dia, a filha voltou a ser fisicamente agredida na escola. Ela conta que a menina é alvo de bullying e ataques de cariz xenofóbico desde que passou a frequentar o colégio, em 2018.

"Eu nem sei nem o que pensar, porque me mudei para Portugal justamente para fugir da violência. Eu morava em São Gonçalo e quis vir para cá para permitir que a minha filha tivesse mais segurança", diz Antônia Melo à reportagem. Na ocasião, a mãe prestou uma queixa do assédio online para a instituição de ensino, mas segundo ela nada de concreto foi feito.

A menina desenvolveu um comportamento depressivo desde que começou a ser alvo de bullying em Portugal. Além de referências depreciativas ao Brasil, ela ouviu comentários como "volta para a tua terra" em diversas ocasiões.



Mundo ao minuto

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

header ads