Últimas Notícias

Presidiário mata mulher em visita íntima

 


Um detento da Penitenciária 2 de Presidente Venceslau, em São Paulo, matou sua companheira durante uma visita íntima, no último domingo (13/02). Segundo informações do boletim de ocorrência, agentes penitenciários foram acionados para abrir uma cela do pavilhão 3. Os funcionários acreditavam que seria uma emergência médica, mas foram informados de que um detento havia matado a esposa.

De acordo com o G1, a vítima foi morta “mediante constrição de seu pescoço”, ou seja, por enforcamento. O detento também bateu com a cabeça da mulher “várias vezes no piso da cela”. O homem foi algemado e autuado em flagrante pelo crime de homicídio doloso qualificado – contra a mulher por razões da condição de sexo feminino (feminicídio).

O detento foi transferido para a Penitenciária 1 “Zwinglio Ferreira”, também em Presidente Venceslau, onde foi encarcerado em cela própria. Interrogado no local, o acusado revelou que cometeu o crime “porque ela estaria se prostituindo”.

O prisioneiro vai aguardar na P1 o pronunciamento judicial por se tratar de crime inafiançável, bem como por ser “preso com extensa ficha policial que cumpre pena no sistema prisional”.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

header ads