Últimas Notícias

Mulher vai comandar pela primeira vez Companhia da PM-BA

Major vai assumir comando da Cipe Litoral Norte, sediada na cidade de Esplanada.

 


Um fato inédito para a história da Policia Militar da Bahia. A major Carina Fernanda da Silva Cunha, 43 anos é a primeira mulher a liderar uma Companhia Independente de Policiamento especializado (Cipe) da PM. Carina entra para a história da corporação depois de assumir, na última segunda-feira, 12, o comando da Cipe Litoral Norte, sediada na cidade de Esplanada.

Carina ingressou na corporação em 1998 e em 2001 entrou para a turma de oficiais. Viveu a maior parte da vida em contato com a PM. Em 1994, quando tinha 15 anos, passou a ser estudante do Colégio da Polícia Militar (CPM), em Salvador, onde fez parte de uma das primeiras turmas da instituição de ensino a ter garotas.

Gerir uma tropa especializada é, para a oficial, mais um, de tantos outros desafios enfrentados na carreira. “A sensação agora é de responsabilidade e de honrar esse compromisso. Eu sei que fiz uma trajetória muito digna para chegar até aqui. Reconheço o meu empenho. Falar de si é mesmo é difícil, mas a minha trajetória diz tudo”, recordou a comandante.

A oficial já tem planos traçados para a primeira semana de integração na Cipe Litoral Norte e, segundo ela, uma das prioridades será a atenção para o efetivo. “Pretendo nesse momento cuidar da tropa, pois ela é o nosso maior recurso. Dar também continuidade ao trabalho incrível que o major Cis fez e seguir em busca do melhor para o policial", continuou.

Conhecer de perto as necessidades dos 63 municípios que são de responsabilidade da unidade também está na relação de compromissos prioritários da comandante que pretende visitá-los de forma gradativa. “Quero já visitar algumas cidades, conhecer a região, os crimes que mais acontecem e quais as necessidades que a tropa tem para treinar e definir a melhor forma de combater esses delitos”, finalizou Fernanda.


A Tarde

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads