Últimas Notícias

'Sentimento de tristeza', diz Guto após eliminação do Bahia na Copa do Nordeste


'Sentimento de tristeza', diz Guto após eliminação do Bahia na Copa do Nordeste

Mais lamentações. Foi assim a entrevista coletiva do técnico Guto Ferreira após a eliminação do Bahia na primeira fase da Copa do Nordeste. Apesar do triunfo sobre o Sergipe por 3 a 1 neste sábado (19), o comandante tricolor destacou o "sentimento de tristeza" por conta de mais um vexame na temporada 2022.

 

"É uma situação muito doída para o Bahia que é o maior campeão da competição. É uma situação doída para mim como treinador. É a primeira vez que não chego à fase final. A gente não conseguiu chegar em nosso grande objetivo. O sentimento é de tristeza por não ter conseguido atingir o objetivo", disse.

 

Com a eliminação, o Bahia só volta a jogar em abril, contra o Cruzeiro, pela Série B. Para Guto, o momento é de ter inteligência para aproveitar o tempo livre e preparar a equipe.

 

"A gente tem que ser inteligente e aproveitar o espaço que nós vamos ter para preparar da melhor maneira possível o tempo que não tivemos para colocar o grupo na melhor condição possível. Isso não é o Bahia", pontuou.

O treinador voltou a falar sobre os fatores que causaram as eliminações no Campeonato Baiano e na Copa do Nordeste. 

 

"Tiveram vários problemas e estamos buscando solução. Muitas coisas aconteceram lá atrás e acaba afetando o hoje. Questão de contratações, calendário, sequência... Tem o erro nosso também e a gente não se omite dos nossos erros, não. Na medida que a gente consegue espaço, os resultados começaram a aparecer. Isso mostra que não tá tudo errado e que é possível crescer em cima do que a gente vem fazendo", explicou.

 

Apesar das cobranças, Guto Ferreira acredita que o seu trabalho no Bahia está em evolução.

 

"O meu trabalho tem crescido e tem sido de bom nível. Essa confiança eu tenho no meu trabalho. Quando eu sentir que o meu trabalho não está crescendo e não vou ter condições, serei o primeiro a dizer que não tenho condições de tocar o barco", destacou.

 

O Tricolor tem 17 jogos neste ano. São sete vitórias, quatro empates e seis derrotas até aqui. Além da Série B, o Esquadrão de Aço terá a Copa do Brasil para disputar.


Foto: Rafael Machaddo / EC Bahia

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads