Últimas Notícias

Festa infantil termina com morte e criança ferida em Paripe; Moradores acusam PMs


Festa infantil termina com morte e criança ferida em Paripe; Moradores acusam PMs

Uma festa infantil terminou com a morte de um homem e uma criança ferida na noite de sábado (28), na Rua Eduardo Dotto, bairro de Paripe. Vizinhos disseram que o homem atingido se chamava Davi Paim e celebrava a festa de aniversário da filha. Os moradores afirmam que os disparos foram feitos por policiais militares. A criança atingida era convidada da festa e foi atingida no braço e no peito.

 

Para o G1, testemunhas afirmaram que escutaram disparos e as pessoas que estavam na frente do imóvel correram para dentro da casa. Um morador, que presenciou o caso e não quis se identificar, disse que, após os disparos, tentou entrar no na casa onde Davi teria sido baleado e foi impedido pelos policiais. Segundo ele, os agentes usaram bomba de gás lacrimogênio para que as pessoas não pudessem acessar a residência.

 

Em nota enviada, a PM informou que por volta das 20h30, foi acionada por moradores que denunciaram um ponto de vendas de drogas na localidade do Quilombo. As equipes que foram ao local teriam sido recebidas por homens armados e houve confronto. Um homem foi atingido, levado ao Hospital do Subúrbio, mas não resistiu aos ferimentos.

 

Ainda segundo a polícia, com o homem foram encontrados uma arma de fogo, munições, substâncias que aparentavam ser maconha e crack em grande quantidade. O caso foi registrado na Corregedoria Geral da Polícia Militar.

 

Já com relação à criança, a PM informou que, por volta das 20h40, populares informaram que a criança havia sido alvejada por disparo de arma de fogo na localidade de Tubarão e socorrida para a UPA de Paripe. Na UPA, parentes confirmaram a veracidade do fato. Após estabilização do quadro de saúde, a criança foi regulada para o Hospital do Subúrbio e a Polícia Civil investiga o caso.

 

A Polícia Militar não se manifestou a respeito das denúncias sobre o impedimento dos moradores entrarem no imóvel, nem que os agentes teriam usado gás para impedi-las de entrarem na casa.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

header ads