Últimas Notícias

Publicidade Jaguaripe 2023

Mesmo sem a presença de ACM Neto, megacomício leva multidão para as ruas de Itapetinga



_Prefeito Rodrigo Hagge (MDB) criticou governo do estado por segurança e saúde públicas, e disse que adversário do PT não reúne condições de governar a Bahia_


Mesmo sem a presença do candidato a governador ACM Neto (União Brasil), uma multidão se reuniu em Itapetinga na noite desta quarta-feira (28) para o “Auê do Saruê”, como foi chamado o comício de apoio à coligação Pra Mudar a Bahia. O encontro foi capitaneado pelo prefeito Rodrigo Hagge (MDB) e contou com a presença de milhares de pessoas e lideranças.




“Faltam apenas quatro dias para a eleição, por isso não desperdicem o voto, porque uma atitude mal calculada no domingo vai reverberar por quatro anos na vida de todos nós. E para governador a comparação é muito fácil. Que me perdoe aquele que, com todo o respeito, não teve condição nenhuma de gerir uma pasta, quem dirá de gerir um estado. Nós precisamos eleger um novo modelo de gestão, eleger aquele que se destacou em todas as funções que ocupou, eleger ACM Neto”, discursou o prefeito.


Neto teve que cancelar a sua presença no comício em Itapetinga e em todos os eventos desta quarta-feira por conta da morte do subtenente Alves, na noite anterior, em Itajuípe. O colega dele, sargento D’Almeida, também foi baleado. O candidato havia planejado que a visita à principal cidade do Médio-Sudoeste baiano fosse uma das últimas da sua agenda pelo interior antes da eleição, tamanho o apoio recebido lá desde o início da campanha.


Ainda que distante fisicamente, ACM Neto enviou um vídeo que foi exibido aos apoiadores no evento: “Quero agradecer a todos pela mobilização deste grande comício. Vocês sabem, eu estaria em Itapetinga, mas, infelizmente, aconteceu uma brutalidade. Estamos aqui prestando toda a solidariedade aos familiares e aos colegas de trabalho. Em função do nosso luto, que não é só meu, mas de toda a minha equipe de trabalho, tive que suspender a presença. Eu gostaria muito de estar ao lado de vocês, mas sei que vão compreender as razões pelas quais não pudemos estar aí”.


“Eu e Rodrigo Hagge, esse queridíssimo amigo, planejamos tudo direitinho para realizarmos esse grande comício. Mas, quero dizer a vocês que, se Deus quiser, vamos vencer as eleições. Vai dar 44 neste domingo e eu vou em breve combinar com o prefeito para visitar Itapetinga. Vamos comemorar essa vitória ao lado de vocês para reafirmar o meu compromisso com o futuro da Bahia e de Itapetinga”, completou.


Além de Rodrigo Hagge, esteve presente o vice-prefeito Renan Pereira (UB) e vereadores da cidade. Em seu discurso, o prefeito ressaltou que não se tratava apenas de um ato de apoio de Itapetinga, mas de todo o Médio-Sudoeste à candidatura de ACM Neto. “Temos que aceitar os desígnios de Deus por não ter Neto presente. Não podemos aceitar, contudo, a forma com que essa tragédia ocorreu. Não podemos mais aceitar ações desastrosas como essa. Não podemos aceitar que a violência impere no nosso estado. E, por isso, chamo vocês para uma reflexão muito séria sobre o futuro da Bahia”, disse.


“Nós vivemos num estado com inversão de valores muito grande. Somos campeões em violência no país e um dos últimos em educação. Nossa saúde anda capengando, a exemplo do nosso hospital, que não recebe investimentos do governo do estado. A região do Médio-Sudoeste não dispõe de uma unidade hospitalar para atender a sua população. Aqui é cada um por si, o governo tem nos deixado na mão. Esse não é o governo que quero. O que eu quero é um governo transformador, que me dê de volta o orgulho de ser o melhor estado do Nordeste”, criticou Rodrigo Hagge.


O prefeito ainda pediu uma grande mobilização de Itapetinga, para dar a ACM Neto uma das maiores votações da Bahia. “Nós queremos ganhar no primeiro turno, queremos mostrar que a Bahia acordou. Queremos estradas bem feitas para escoar a produção do campo e queremos as nossas indústrias de volta”, disse.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem