Últimas Notícias

Após derrota nas urnas; ACM Neto agradece votos do interior e enaltece desempenho em Salvador


Derrotado nas urnas, ACM Neto agradece votos do interior e enaltece desempenho em Salvador

Derrotado nas urnas neste domingo (30) ao perder a disputa com Jerônimo Rodrigues (PT) para o governo da Bahia, o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União), fez uma breve declaração após a divulgação do resultado. Ao lado de deputados federais aliados e do prefeito Bruno Reis (União), Neto agradeceu os votos dos eleitores baianos do interior e destacou o desempenho obtido na capital baiana.

 

"Antes de tudo eu quero agradecer ao povo baiano, pelos mais de 4 milhões de votos que nós tivemos nesse segundo turno, todos nós nos consideramos vitoriosos, quero agradecer à população e eleitores de cada um dos 416 municípios do interior do estado e agradecer de maneira especial a Salvador. Nós tivemos uma votação neste segundo turno superior aos votos que recebi em 2016 quando fui reeleito com 74% dos votos para prefeito da capital. Salvador deu uma demonstração inquestionável do reconhecimento ao nosso trabalho e não posso deixar de trazer uma palavra carinhosa à população que esteve ao meu lado e nos deu mais de 64% dos votos agora neste segundo turno", disse ACM Neto.

 

Com 99,90% urnas apuradas, Jerônimo Rodrigues tem 52,78% e 4.475.061 votos e ACM Neto 47,22% e 4.004.197 votos.

 

 

Além da população baiana, o ex-prefeito estendeu os agradecimentos a aliados que contribuíram e estiveram ao seu lado durante a campanha, com destaque a Ana Coelho, candidata à vice em sua chapa, ao prefeito Bruno Reis e a Cacá Leão, que disputou a eleição para o Senado.

 

"Agradecer ao prefeito da nossa capital, Bruno Reis, que foi um guerreiro, um amigo para tudo. Agradecer a minha candidata a vice-governador, Ana Coelho, uma mulher extraordinária que nos acompanhou nessa jornada, agradecer a Cacá Leão que esteve conosco no primeiro turno como nosso candidato ao Senado e se manteve ao meu lado firme e forte neste segundo turno. Agradecer aos deputados federais, estaduais, prefeitos, vice-prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, a todas as lideranças políticas e é claro aos mais de 4 milhões de eleitores que estiveram conosco", sinalizou.

 

Neto aproveitou a oportunidade para parabenizar o governador eleito, Jerônimo Rodrigues e disse que a partir de agora quer "paz". Na avaliação do político, a Bahia não pode continuar "dividida".

 

"Quero nesse momento saudar, parabenizar e desejar sorte ao governo eleito da Bahia, Jerônimo Rodrigues, espero que ele tenha a compreensão do que aconteceu hoje nas urnas do estado. A Bahia não pode permanecer dividida, nós tivemos uma votação que foi quase igual a dele, em termos de voto e percentual. Eu espero que ele possa a partir de amanhã e sobretudo de 1º de janeiro ser governador de todos, que ele possa governar para as pessoas que votaram nele e para as pessoas que não votaram nele. Eu espero que ele possa representar os eleitores que votaram em mim e faço votos que ele tenha todo sucesso em sua jornada e possa enfrentar os graves problemas que a Bahia vive hoje e aqui a minha palavra é de expectativa que ele tenha condições de reunir sua equipe e fazer um trabalho que possa atender aos desejos dos baianos. Nesse momento eu parabenizo o governador eleito", acrescentou.

 

Em sua declaração, Neto também registrou parabéns a Lula, eleito presidente do Brasil pela terceira vez e aproveitou para dar uma leve alfinetada em Jerônimo, que ganhou "uma nova oportunidade para investir na educação" do Estado. 

 

"Devo registrar e parabenizar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva que foi eleito pelo Brasil nesta eleição. Desejamos que Lula da mesma forma possa reunir o país, possa encerrar um período de divisão política e ser o presidente de todos. Nós queremos paz, unidade, que o palanque seja desfeito a partir de hoje. Aqui na Bahia farei a minha parte. A hora agora é de olhar para a vida das pessoas, precisamos olhar para quem realmente deseja ter um trabalho sério na segurança pública, trazer empregos para a Bahia e investir na educação. Que Jerônimo tenha agora como governador uma nova oportunidade já que ele não fez como secretário de educação e faça como governador", disse.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

header ads