Últimas Notícias

Caixa paga abono antigo do PIS de até R$ 1.212; tire suas dúvidas


Caixa paga abono antigo do PIS de até R$ 1.212; tire suas dúvidas

A Caixa paga nesta segunda (17) um lote extra do abono salarial do PIS para cerca de 1,1 milhão de trabalhadores. O abono varia de R$ 101 a R$ 1.212, conforme a quantidade de meses trabalhados no ano de referência. Os valores que não forem depositados em conta poderão ser sacados até o dia 29 de dezembro.
 

QUEM RECEBE NESTE LOTE
 

O novo lote tem abonos de trabalhadores que:
 

- pediram revisão de valor;
 

- foram à Justiça;
 

-abonos antigos, que não foram sacados nos calendários de pagamentos já encerrados (dos exercícios de 2016 a 2020).
 

ONDE O DINHEIRO É DEPOSITADO
 

Para quem é cliente da Caixa, o abono é pago diretamente em conta do trabalhador. Para os outros beneficiários o banco abre automaticamente uma conta poupança social digital em seu nome, que pode ser movimentada pelo aplicativo Caixa Tem ou em qualquer agência da Caixa.
 

Se a Caixa não conseguir abrir a conta digital, o saque poderá ser feito com o Cartão do Cidadão e senha em terminais de autoatendimento, lotéricas, Caixa Aqui ou agências.
 

COMO CONSULTAR SE O ABONO FOI PAGO
 

ACESSE OS APLICATIVOS
 

- Caixa Tem
 

- Caixa Trabalhador
 

- Carteira de Trabalho Digital, na aba Benefícios
 

LIGUE PARA OS TELEFONES
 

- 111
 

- 0800-7260207
 

- 158
 

Para o atendimento telefônico, basta escolher a opção 3, depois digite o CPF e o dia e mês de nascimento. O sistema informará se há parcelas disponíveis do abono
 

PELA INTERNET
 

- No site www.gov.br
 

QUEM TEM DIREITO
 

Para ter o abono do PIS/Pasep de até um salário mínimo é preciso:
 

- Estar cadastrado há pelo menos cinco anos no PIS (para trabalhadores de empresas privadas) ou no Pasep (para trabalhadores de empresas públicas);
 

- Ter trabalhado formalmente no mínimo 30 dias (seguidos ou não) no ano de referência;
 

- Ter exercido atividade remunerada para PJ (Pessoa Jurídica), durante pelo menos 30 dias consecutivos ou não, no ano-base considerado para apuração
 

- Ter recebido, no ano de referência, média mensal de até dois salários mínimos;
 

- O empregador precisa ter informado corretamente os dados do funcionário na Rais do ano-base. Os valores do abono são pagos aos trabalhadores identificados com base nas informações prestadas pelo empregador via Rais ou eSocial
 

QUEM NÃO TEM DIREITO
 

- Empregado/a doméstico/a
 

- Trabalhadores rurais empregados por pessoa física
 

- Trabalhadores urbanos empregados por pessoa física
 

- Trabalhadores empregados por pessoa física equiparada a jurídica
 


 

ABONO VARIA DE R$ 101 A R$ 1.212
 

O benefício pode chegar a um salário mínimo (R$ 1.212) e depende do número de meses trabalhados no ano-base. Cada mês trabalhado rende R$ 101.
 

E O CALENDÁRIO ATUAL DE PAGAMENTOS DO ABONO DO PIS/PASEP?
 

Os pagamentos do abono salarial atual do PIS/Pasep 2022 foram liberados entre fevereiro e março deste ano, conforme o mês de nascimento. O abono do PIS 2022 é destinado a profissionais que trabalharam com carteira assinada em 2020.
 

MUDANÇA NO CALENDÁRIO ATRASOU OS PAGAMENTOS
 

A mudança no PIS/Pasep, que passou a ter um calendário de liberações concentradas todas no mesmo ano, adiou o início dos pagamentos e trabalhadores que deveriam ter recebido o dinheiro a partir de julho de 2021 só tiveram acesso a partir de fevereiro deste ano.
 

Em março de 2021, o Codefat aprovou alteração no calendário do PIS/Pasep, que passou a ser anual e não mais pelo sistema que iniciava os pagamentos no segundo semestre de um ano e seguia até o primeiro semestre do ano seguinte.
 

ABONO SALARIAL NÃO É COTA DO PIS
 

O abono salarial é diferente das cotas, que são devidas a beneficiários que trabalharam entre 1971 e 1988 e não sacaram os valores, bem como seus herdeiros, se for o caso. No final de agosto, a Caixa informou que havia R$ 24,6 bilhões em cotas do PIS/Pasep que podem ser sacados por 10,6 milhões de pessoas.
 

O dinheiro da cota pode ser retirado pelo aplicativo FGTS para celular e tablet. Segundo a Caixa, o acesso aos valores pode ser feito totalmente online e na tela principal do aplicativo aparece a informação do saldo disponível para saque.
 

Tem direito ao saque quem trabalhou com carteira assinada na iniciativa privada ou atuou como servidor público entre 1971 e 1988 e que ainda não tenha retirado o dinheiro de sua cota.
 

COMO FAZER O SAQUE DA COTA DO PIS
 

- Baixe ou atualize o aplicativo FGTS
 

- Informe CPF e senha de acesso, e clique nas imagens solicitadas; depois, vá em "Entrar"
 

- Na tela inicial, aparecerá a mensagem "Você possui saque disponível"
 

- Em seguida, vá em "Solicitar o saque do PIS/Pasep"
 

- Escolha se quer crédito em conta ou fazer a retirada presencial
 

- Depois, verifique seus dados; se estiver tudo certo, selecione "Confirmar saque"
 

- É possível indicar conta em qualquer banco para receber os valores
 

os valores
 

COMO FAZER O SAQUE PRESENCIAL
 

O saque presencial pode ser feito com cartão social, como o Cartão do Cidadão. Nesse caso, a retirada dos valores é limitada a R$ 3.000 e pode ser feita nas lotéricas ou em caixas eletrônicos. O titular da conta deve apresentar o documento de identificação.
 

COMO HERDEIROS SACAM A COTA DO PIS
 

Os herdeiros do trabalhador com direito à cota também podem ter acesso ao dinheiro, mas precisam acessar o app FGTS e fazer a solicitação de retirada, na opção "Meus Saques". Escolha "Outras Situações de Saque" e, em seguida, indique "PIS/PASEP - Falecimento do Trabalhador". Será necessário enviar documentos.
 


 

MESES TRABALHADOS NO ANO-BASE — VALOR DO ABONO
 

1 — R$ 101,00
 

2 — R$ 202,00
 

3 — R$ 303,00
 

4 — R$ 404,00
 

5 — R$ 505,00
 

6 — R$ 606,00
 

7 — R$ 707,00
 

8 — R$ 808,00
 

9 — R$ 909,00
 

10 — R$ 1.010,00
 

11 — R$ 1.111,00

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
PIROPO NEWS