Últimas Notícias

Fiéis de Santa Dulce dos Pobres celebram memória e legado da religiosa




 

Fotos: Otávio Santos/Secom PMS 

 

A trezena em louvor a Santa Dulce dos Pobres prossegue a todo o vapor em Salvador até o próximo domingo (13). As celebrações, iniciadas no último dia 1º, têm atraído centenas de pessoas à Cidade Baixa, onde fica o Santuário em louvor à primeira santa brasileira e que abriga uma vasta programação, apoiada pela Prefeitura.  

 

Na última sexta-feira (4), os devotos de Santa Dulce dos Pobres caminharam pelas ruas da Cidade Baixa, louvando e fazendo pedidos à religiosa baiana. A Procissão dos Arcos, que saiu da Basílica do Senhor do Bonfim até o Santuário, no Largo de Roma, teve o início marcado por uma queima de fotos e, durante o trajeto, os participantes foram 

relembrando a história do Anjo Bom da Bahia, como também é conhecida. 

 

Moradora do Costa Azul, Ana Cristina da Silva, 61 anos, chegou cedo à Basílica do Bonfim para celebrar a história de Santa Dulce. “Eu sou muito devota dela. Pude conviver um pouco com ela quando criança, porque ela ia na casa de minha avó pegar doações. Presenciei ela curar doentes e ajudar pessoas que ninguém mais queria cuidar. Então hoje vim celebrar a memória dela e também agradecer pelas graças que ela já me deu”, contou emocionada. 

 

A aposentada Edenice da Silva Coelho, 80 anos, contou que participar da procissão foi um ato de homenagem, mas também de agradecimento por mais um ano de vida com a proteção de Santa Dulce. “É a nossa santa brasileira e eu tenho uma relação muito forte com ela. Vou sempre às missas no Santuário. Estou aqui também celebrando meu aniversário que é na véspera do encerramento da trezena. É um presente estar nessa procissão”, contou.  

 

O frei Ícaro Rocha de Brito, reitor do Santuário de Santa Dulce dos Pobres, destacou que a trezena é necessária para que o legado da religiosa de amar e servir continue vivo.  

“Essa procissão nos lembra o dia em que Santa Dulce foi com seus pobres, depois de ser expulsa dos Arcos do Bonfim, para a fundação do Hospital Santo Antônio e que hoje é a sede das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid). Então hoje celebramos essa memória e queremos manter vivo na memória da cidade de Salvador este legado trazendo para as pessoas esse fato importante da vida da santa”, afirmou. 

 

O fim de semana também contou com uma carreata na tarde de sábado (5), do Centro de Convenções de Salvador, na Boca do Rio, em direção ao Santuário, e a Procissão da Memória na manhã de domingo (6), do Santuário à Basílica da Conceição da Praia.  

 

Próximas atividades – As celebrações pela Festa de Santa Dulce dos Pobres terão missas até o dia 12, no próprio santuário, às 7h, 8h30, 12h e 17h; e no dia 13, às 6h, 8h, 10h, 12h, 14h e 16h. Já a vigília de Santa Dulce será realizada das 22h do dia 12 às 6h do dia 13. 

 

A imagem peregrina continua a percorrer as ruas da cidade esta semana, sempre das 7h às 20h. Nesta segunda-feira (7), a localidade beneficiada é a Praça da Piedade; na terça (8), é a vez do Campo da Pronaica, em Cajazeiras X; na quarta (9), estará na Praça da Revolução, em Periperi; na quinta (10), em São Tomé de Paripe; na sexta (11), estará presente próximo ao Plano Inclinado Liberdade/Calçada, na Liberdade; no sábado (12), a visita acontece na Capelinha de São Caetano e, no domingo (13), encerra a peregrinação no pátio da Igreja de Alagados, em Alagados. 

 

A Praça Irmã Dulce recebe os shows do cantor Tuca Fernandes no dia 10, às 19h30; e do tenor Thiago Arancam, no dia 11, às 19h30; apresentação de teatro infantojuvenil no dia 11, às 15h; e apresentação da Orquestra de Câmara de Salvador e Coral Ecumênico da Bahia, no dia 12, às 19h30.  

 

Até o domingo (13), acontece no mesmo local o Cine Santa Dulce, a partir das 14h30, com exibição do filme Irmã Dulce e documentários sobre o legado da santa; a quermesse, das 14h às 21h, com barracas de lanches e artesanato; e Coreto Santa Dulce, com apresentações de bandas culturais e católicas, a partir das 16h. Nesta segunda (7) e na sexta-feira (11), das 10h às 16h, a Estação Saúde oferecerá gratuitamente aferição de pressão arterial, medição de taxa de glicemia, orientação nutricional e sobre saúde bucal, e vacinação contra Influenza e Covid-19.  

 

A série de atrações continua com o balcão de serviços jurídicos, com encaminhamento para emissão de documentos, operação limpa nome e demais serviços, no sábado (12) e domingo (13), das 9h às 19h. Também haverá espaço para atividades físicas e de bem-estar com aulões de dança e ginástica, de quinta-feira (10) a domingo (13), das 13h30 às 14h30.  

 

No dia 13, ponto alto da festa, acontece o show do padre Antônio Maria, às 15h; Missa Campal presidida pelo arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, Dom Sérgio da Rocha, às 16h; Procissão Luminosa (com saída e chegada no Largo de Roma), às 18h; e encerramento com o show de encerramento de Waldonys, às 19h30.   

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Câmara SAJ - 2024
Câmara SAJ - 2024
Jaguaripe
Jaguaripe

Veja mais notícias do Pirôpo News no Google Notícias
PIROPO NEWS GOOGLE NOTÍCIAS