Últimas Notícias

É TÃO BOM. É SALVADOR
É TÃO BOM. É SALVADOR

SALVADOR: Rede Cegonha e Mãe Salvador já atenderam mais de 5 mil gestantes em 2024

 

Foto: Bruno Concha/Secom PMS

Com o intuito de oferecer ações de cunho social através de atendimento ambulatorial individualizado, os programas Mãe Salvador e Rede Cegonha, realizados em parceria entre as secretarias municipais da Saúde (SMS), de Mobilidade (Semob) e de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre), proporcionam conforto e segurança às gestantes residentes na capital baiana. Os programas garantem assistência plena às gestantes soteropolitanas durante os períodos de pré-natal, parto e puerpério, ofertando, além do serviço de acompanhamento de saúde, passagens identificadas de ônibus, após cadastramento prévio, e acompanhamento socioassistencial.
 
Juntas, as ações já atenderam a 5.472 mulheres de janeiro ao início do mês de maio. Responsável pela realização de exames de pré-natal, planejamento familiar, puericultura, de crianças até 2 anos, transporte e regulação hospitalar, a Rede Cegonha atua de forma interligada ao Mãe Salvador, proporcionando o atendimento humanizado e com hora marcada nas 158 unidades de saúde que realizam pré-natal na capital baiana.
 
A vice-prefeita e titular da SMS, Ana Paula Matos, destaca a importância de um olhar ainda mais especial às necessidades das gestantes. "Os programas proporcionam acolhimento, segurança obstétrica, cuidado e atendimento especializado num momento tão importante na vida da mulher. As ações integradas com a Saúde e Assistência Social permitem maior cuidado com as grávidas e crianças. Na atual gestão, estamos ampliando os serviços em saúde para as gestantes com a construção da primeira maternidade municipal e hospital da criança, que cuidará de toda família”, assinala.
 
Cuidado – Contando os dias para o nascimento de Helena, a caixa de supermercado Sandra Rendall, 30 anos, está grávida de oito meses e destaca a importância do acolhimento e atenção prestados na Unidade Saúde da Família (USF) Yolanda Pires, na Fazenda Grande I. "É um trabalho excelente. Os profissionais são acolhedores, prestativos e atenciosos. Não há pressa no atendimento, que é personalizado e com hora marcada. Então, é algo que dá uma segurança e um conforto maior, com acompanhamento individualizado, que é essencial", exemplifica.
 
Extremamente dedicado e atento às orientações dos profissionais de saúde, o segurança Carlos Roberto, 32 anos, acompanha a esposa Sandra em todos os momentos da gestação. "É um atendimento diferenciado, com atenção a todos os detalhes da gestação. Tudo bem completo, além do que a gente espera de um sistema público. Temos aqui todo o atendimento necessário sem o desgaste de ser atendido por ordem de chegada, mas por hora marcada. Outra coisa que achei importante é o atendimento e acompanhamento dos parceiros das gestantes", diz.
 
Aos oito meses de gravidez, a babá Vitória Souza, de 23 anos, é mais uma futura mamãe acompanhada na unidade. "Tivemos acesso a todo atendimento necessário, com apoio clínico e psicológico, médicos prestativos, atenciosos e sem pressa na consulta, tratando de cada detalhe e tirando todas as nossas dúvidas. Antes era algo complicado, mas por aqui a coisa anda muito bem. Já é um lugar que minha família frequenta há muitos anos, e onde me sinto muito segura e acolhida".
 
Há um ano prestando atendimento via Rede Cegonha na unidade, a obstetra Thaissa Miranda fala dos desafios e da importância do serviço qualificado para gestantes e seus companheiros. "Saúde materna e infantil é uma atividade muito importante e onde o atendimento precisa ser o mais qualificado possível. Aqui são realizados atendimentos de pré-natal da gestante e do companheiro, assistência social, odontológico e também exames de laboratório e testes rápidos. Em seguida, há o encaminhamento para exames mais complexos, como ultrassonografia, em unidades parceiras", declara.
 
"Como são muitas gestantes agendadas, definimos a hora marcada, para evitar complicações e outros entraves da ordem de chegada. Geralmente, as primeiras consultas são mais demoradas, e a coisa vai sendo alinhada ao longo do tempo, com sete a oito gestantes por turno, chegando a cerca de 50 atendimentos semanais", completa a profissional.
 
Atuando diretamente no atendimento às gestantes, Tatiana Franco, técnica da Rede Cegonha, destaca o quanto os programas são importantes para garantir a saúde da mãe e do bebê. "Nossa percepção em relação aos programas é que eles têm contribuído positivamente na melhoria dos indicadores relacionados à consulta de pré-natal, e que as gestantes beneficiadas demonstraram satisfação quanto ao serviço que oferecemos", disse.
 
Rede Cegonha e Mãe Salvador – A Rede Cegonha é um Programa do Ministério da Saúde, criado em 2011 e estruturado a partir de três componentes: pré-natal; parto e nascimento; puerpério, que é o período após o parto; atenção integral à saúde da criança e o transporte sanitário e regulação.
 
Dentro do pré-natal existem ações com enfoque na captação precoce das gestantes, além de outras estratégias, de modo que ela consiga realizar o mínimo de consultas de pré-natal preconizado pelo Ministério da Saúde, que são sete atendimentos, além da realização de exames importantes durante a gravidez.
 
O Mãe Salvador é um programa intersetorial da Prefeitura Municipal que envolve a SMS, no que se refere à toda logística do programa para que a gestante tenha acesso aos benefícios - a partir do cadastro -, mudança de etapa e encaminhamento para o Centro de Referência de Assistência Social (Cras).
 
Dessa forma, a Semob participa através da Transcard, que configura a geração do Bilhete Único Identificado, que é o cartão de transporte com direito a inserção dos créditos de passagem de ônibus para as gestantes a partir de informações passadas pela SMS. À Sempre cabe a avaliação e o acompanhamento da gestante para o recebimento do benefício natalidade. 
 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Câmara SAJ - 2024
Câmara SAJ - 2024
Campanha Salvador Capital Afro
Campanha Salvador Capital Afro
Jaguaripe
Jaguaripe
Jaguaripe
Jaguaripe

Veja mais notícias do Pirôpo News no Google Notícias
PIROPO NEWS GOOGLE NOTÍCIAS