Últimas Notícias

Prefeito confirma primeiro caso de 'monkeypox' em uma criança de Salvador

 




O prefeito Bruno Reis (União) falou, nesta segunda-feira (8), sobre o registro do primeiro registro de infecção da varíola dos macacos (monkeypox) em uma criança na Bahia. De acordo com o prefeito, o caso está sendo acompanhado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

 

"Sempre que surge um caso ele passa por um monitoramento permanente. Semana passada nós lançamos um protocolo, com uma série de orientações de como previnir e depois, caso seja infectado, que providências tomar. Inclusive, temos unidades preparadas especificamente para esse tipo de atendimento", afirmou o gestor, sem dar mais detalhes sobre o estado de saúde ou outras informações sobre o paciente. 

 

Atualmente, segundo dados do último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), no sábado (6), 19 casos de varíola dos macacos foram identificados no estado. 

 

Deste quantitativo, 13 foram diagnosticados em Salvador, um em Santo Antônio de Jesus, um em Cairu, um em Conceição do Jacuípe, um em Ilhéus e um em Mutuípe. Além dos confirmados, a Bahia tem notificados 98 suspeitos.

 

SINTOMAS
De acordo com a Sesab, entre os sintomas mais comuns da doença são febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, adenomegalia, calafrios e exaustão. 

 

A infecção é autolimitada com sintomas que duram de 2 a 4 semanas, podendo ser dividida em dois períodos: invasão, que dura entre 0 e 5 dias, com febre, cefaleia, mialgia, dor das costas e astenia intensa. 

 

A erupção cutânea começa entre 1 e 3 dias após o aparecimento da febre e tem características clínicas semelhantes com varicela ou sífilis, com diferença na evolução uniforme das lesões.

 

REDE DE ASSISTÊNCIA NA CAPITAL
A partir desta segunda-feira (8), com a implementação do protocolo municipal de ação, quem mora na capital baiana vai poder contar com uma rede de referência para o atendimento de pessoas com suspeita de infecção pelo vírus da varíola dos macacos.

 

Ao todo, 28 unidades básicas de saúde e outras 16 unidades de urgência e emergência estarão à disposição da população . A lista de equipamentos, que poderá ser alterada pela gstão, estará disponível diariamente nos canais oficiais da prefeitura.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

header ads